quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Flocos de Neve



A palavra congela tácita
ante um floco de neve.
Lá fora o sol cogita;
possibilidades de greve!

E entre tremores pequenos
constato que nesta vida,
enfim e/ou de mim;
Cada vez mais você tem menos!

4 comentários:

  1. Poeta, bom dia...como sempre, versos que calam fundo, emocionam, meus parabéns!
    abraços,
    ania..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado poetisa. Saudades dos teus versos.

      Excluir
  2. A harmonia entre texto e imagem me deixaram totalmente paralizada, amei

    Bjoooo

    ResponderExcluir
  3. As vezes Sophys as harmonias teimam em prosperar. Obrigado por ter vindo amiga.

    Bjokas!

    ResponderExcluir

Obrigado, seu comentário é muito importante. Volte viu!